8 de jun de 2012

Rio + 20


O que é a Rio+20 
Rio+20 é o nome da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, que ocorrerá na cidade do Rio de Janeiro de 13 a 22 de junho de 2012. Deverão participar líderes dos 193 países que fazem parte da ONU.

Objetivo
O principal objetivo da Rio+20 é renovar e reafirmar a participação dos líderes dos países com relação ao desenvolvimento sustentável no planeta Terra. É portanto uma segunda etapa da Cúpula da Terra (ECO-92) que ocorreu há 20 anos na cidade do Rio de Janeiro.
Exemplos de desenvolvimento sustentável
- Reciclagem: o reaproveitamento do lixo reciclável ajuda a não poluir o meio ambiente e gera renda para empresas e trabalhadores.
- Reuso da água por indústrias: gera economia de água para as empresas e evita o lançamento de água contaminada e poluída na natureza.
- Reflorestamento: áreas que sofreram a retirada de vegetação podem ser reflorestadas para preservar o meio ambiente.
- Uso de fontes de energia renováveis e limpas: estas fontes de energia, além de evitar a poluição do ar causam pouco impacto ambiental. A energia solar (gerada pela Sol) e eólica (gerada pela força do vento) são bons exemplos.
- Uso de procedimentos na agricultura que visem à preservação do solo. Neste sentido, a agricultura orgânica é um bom exemplo de desenvolvimento sustentável no campo.  
- Nas cidades deve haver um Plano Diretor para planejar o crescimento urbano de forma sustentável. É importante que haja planejamento no sentido de garantir a criação de áreas verdes, espaços culturais, ciclovias e sistemas de transportes públicos eficientes e com baixo ou nenhum nível de poluição.
- Descarte de equipamentos eletrônicos, baterias e pilhas em locais apropriados para que empresas especializadas possam dar um destino correto a este material.
- Preservação de mananciais, combatendo a ocupação ilegal destas áreas.
- Extração de recursos minerias sem provocar impactos ambientais. Um bom exemplo é a extração de petróleo em alto mar, que deve ser feita com extremo cuidado para não provocar acidentes ambientais (vazamento de petróleo, por exemplo).
- Extração de recursos naturais de florestas (castanhas, por exemplo) de forma a não prejudicar a fauna e flora da região. Isto já vem ocorrendo na região norte do Brasil, onde trabalhadores fazem a coleta destes recursos respeitando a floresta.
- Pesca controlada, principalmente de espécies marinhas que correm risco de extinção. Já existem vários procedimentos neste sentido, que estabelecem períodos específicos para a pesca de determinadas espécies de peixe.
- Desenvolvimento e uso de novas tecnologias capazes de reduzir a poluição emitida por veículos automotores. O carro elétrico e o híbrido (funciona com energia elétrica e combustível fóssil) é um bom exemplo.


Atitudes negativas para o meio  ambiente


Atitudes negativas vêm sendo cometidas todos os dias pelos cidadãos e pelas autoridades do mundo inteiro acima citamos atitudes positivas logo as atitudes negativas são o inverso das positivas. Veja algumas delas:



  • Não economizar água em nossas residências
  • Não economizar energia elétrica
  • Queimadas de nossas florestas
  • Poluição dos rios
  • Sacolas plásticas e garrafas pet entre outros materias jogados na natureza
  • Gazes liberados na atmosfera sem os cuidados necessários.
Atitudes negativas vieram sendo executadas ao longo dos anos agora existe uma corrida contra o tempo para revertermos o que nossos ancestrais fizeram, são inúmeros animais extintos, vários desertos foram criados devido ao desmatamento de varias florestas. O mundo parece acordar de um sono profundo onde se achavam que era impossível esgotar os recursos de nosso planeta.
Apesar dessa corrida contra o tempo temos muito falatório e pouca ação eficaz e essas ações precisam partir de nossas casas principalmente. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário