28 de set de 2011

Quem se habilita a defender a AMAZÔNIA???


O caso Chico Mendes

No dia 22 de Dezembro de 1988 o seringueiro, sindicalista e ativista ambiental Francisco Alves Mendes Filho, mais conhecido como Chico Mendes, foi assassinado em Xapuri, Acre. Chico Mendes teve um papel importante na fundação do Conselho Nacional dos Seringueiros e na formulação da proposta das Reservas Extrativistas para os seringueiros. Ele organizava muitos dos acima descritos empates e conseguiu apoio internacional para a luta dos seringueiros. Em 1987 ele foi premiado pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o prêmio "Global 500" e neste mesmo ano ganhou a "Medalha do meio ambiente" da organização "Better World Society". Após o assassinato de Chico Mendes se juntaram mais de trinta entidades sindicalistas, religiosas, políticas, de direitos humanos e ambientalistas para formar o "Comitê Chico Mendes". Eles exigiram providencias e através de articulação nacional e internacional botaram pressão nas órgãos oficiais para que o crime seja punido. Em 1990 os fazendeiros Darly e Darcy Alves da Silva foram considerados culpados do assassinato e condenados a 19 anos de reclusão. Em 1993 eles escaparam da prisão e foram novamente capitados em 1996. O caso Chico Mendes despertou pela primeira vez a atenção internacional para os problemas dos seringueiros. Através do assassinato, Chico Mendes tornou-se mais uma vez representante dos muitos outros moradores da floresta assassinados, desapossados ou ameaçados...

Freira missionária defensora dos povos da floresta e da
Amazônia é assassinada no Pará por pistoleiros
A missionária Doroty Stang foi morta a sangue frio, na presença de testemunhas, crime anunciado que vinha sendo denunciado, mas as autoridades estaduais e federais permaneceram omissas.
No município paraense de Nova Ipixuna, foram assassinados o casal de ambientalistas José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo, além do agricultor Herenilton Pereira dos Santos.
Em Rondônia, foi morto o agricultor Adelino Ramos, conhecido como Dinho. A presidente Dilma Rousseff determinou que a Polícia Federal apure os casos.
Foi criado um grupo interministerial com técnicos desses ministérios para acompanhar o caso.

Nossa conclusão diante de tais fatos nossa pergunta é quem se habilita a defender a AMAZÔNIA.Pois defende-la vai além do bordão "DEIXAR UM MUNDO MELHOR PARA OS NOSSOS FILHOS" não que isso não seja importante mais significa por em risco nossas vidas no presente e no futuro.No PRESENTE pois temos que lutar contra os interesses  egoístas e gananciosos DOS PODEROSOS não só do nosso país, pois o mundo está de olho em nossa biodiversidade  e no futuro pois que forma de vida existira se continuarmos a desmatar sugar a natureza sem dar tempo para que a mesma de recupere???Logo são poucas as pessoas que lutam de fato por essa causa por isso surgem fatos como os citados á cima.Sozinhos somos apenas ECOLOUCOS  mais juntos podemos  frear a ganancia e forçar os que nós intitulamos AUTORIDADES a realmente  fazerem uso de tais títulos em prol do que realmente interessa aos que os empossaram.


Trocando em miúdos fazer não só o povinho do planalto mais também os que se dizem grande(EUA por exemplo)a trabalhar para proteger nossa "florestinha"

E é claro, você também contribuir para que essa preciosidade não seja destruída. Basta acessar o site – http://www.globoamazonia.com, monitorar as areas que estão sendo desmatadas e fazer a sua denuncia.


Não podemos ficar inertes diante de tanta barbaridade, sem deixarmos clara a nossa opinião de cidadãos que defendem um mundo melhor para todos, onde haja respeito ao meio ambiente e exploração racional dos recursos naturais.


                                                                                               Shelly Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário