30 de set de 2011

SOLIDARIEDADE

Salve,salve,galera hoje venho pedir a ajuda e solidariedade de vocês chegou até nós através de nossa amiga ALINEART´S  um pedido de ajuda para um pai de família que está atravessando um momento muito difícil pois sua esposa está com câncer e eles possuem duas filhas segue abaixo o relato desesperado desse pai de família...

"Meu nome é Nilton Barbosa da Silva, sou casado a 17 anos com Ana Cavalcanti da Silva, tenho 2 filhas adolecentes, e moro em são paulo desde que casei, não tenho nenhum parente aqui em são paulo, sou uma pessoa correta com minhas coisas, e prezo a honestidade e sinceridade. Para eu estar aqui hoje, tomando essa atiutde é porque não sei mais o que fazer. De janeiro pra cá minha vida virou de cabeça para baixo, minha esposa descobriu que estava com câncer na coluna, e ficou paralitica, os médicos dizem que ela não vai andar mais, que o estado dela é grave estou desesperado, minha Família sou eu minha esposa e 2 filhas, todo o dinheiro que recebi da firma se foi, pago aluguél e mesmo mudando para uma casa mais barata, meu aluguél ainda é caro, pago 250,00 todo mês, por causa da doença de minha esposa minhas filhas pararam de estudar e quem dá banho em minha esposa cuida de tudo sou eu, inclusive corre atras de ambulância para leva-la ao tratamento de quimioterapia, preciso muito de ajuda, qualquer ajuda por menor que seja será bem recebida, ela usa fraldas descartáveis,se alimenta muito de leite, e eu confesso que to entrando em desespero, pq estou vendo que vai chegar uma hora que não terei para onde correr, até ela finalizar esse tratamento preciso muito de uma ajuda financeira, para manter o aluguél, não deixar faltar as coisas das crianças e comprar o leite e a fralda descartável dela, por favor estipulei ali um valor , mas como disse qualquer ajuda é bem vinda, repasse essa vakinha para alguém que vc conhece, me ajude por favor, eu me coloco a disposição esse é o meu telefone 011 46666055 não sei até quando estarei com ele, pq apesar de pagar uma taxa minima para mim é muito, mas peço que quem tiver alguma ajuda ou quiser comprovar que o que eu estou falando é verdade pode me ligar meu nome é Nilton.
Importante tive que colocar lá em cima um valor mas qualquer ajuda será bem vinda R$ 10,00 , R$20,00, R$5,00 NÃO TENHA VERGONHA DE AJUDAR ISSO PARA MIM JÁ É MUITO."

Você que queira AJUDAR  CLICK AKI

Entramos em contato mais uma vez com nosso amigo sempre solicito DEPUTADO WAGNER MONTES o mesmo pediu para que enviássemos para a produção do Programa BALANÇO GERAL.

CONTO COM A AJUDA E SOLIDARIEDADE DE VOCÊS


28 de set de 2011

Quem se habilita a defender a AMAZÔNIA???


O caso Chico Mendes

No dia 22 de Dezembro de 1988 o seringueiro, sindicalista e ativista ambiental Francisco Alves Mendes Filho, mais conhecido como Chico Mendes, foi assassinado em Xapuri, Acre. Chico Mendes teve um papel importante na fundação do Conselho Nacional dos Seringueiros e na formulação da proposta das Reservas Extrativistas para os seringueiros. Ele organizava muitos dos acima descritos empates e conseguiu apoio internacional para a luta dos seringueiros. Em 1987 ele foi premiado pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o prêmio "Global 500" e neste mesmo ano ganhou a "Medalha do meio ambiente" da organização "Better World Society". Após o assassinato de Chico Mendes se juntaram mais de trinta entidades sindicalistas, religiosas, políticas, de direitos humanos e ambientalistas para formar o "Comitê Chico Mendes". Eles exigiram providencias e através de articulação nacional e internacional botaram pressão nas órgãos oficiais para que o crime seja punido. Em 1990 os fazendeiros Darly e Darcy Alves da Silva foram considerados culpados do assassinato e condenados a 19 anos de reclusão. Em 1993 eles escaparam da prisão e foram novamente capitados em 1996. O caso Chico Mendes despertou pela primeira vez a atenção internacional para os problemas dos seringueiros. Através do assassinato, Chico Mendes tornou-se mais uma vez representante dos muitos outros moradores da floresta assassinados, desapossados ou ameaçados...

Freira missionária defensora dos povos da floresta e da
Amazônia é assassinada no Pará por pistoleiros
A missionária Doroty Stang foi morta a sangue frio, na presença de testemunhas, crime anunciado que vinha sendo denunciado, mas as autoridades estaduais e federais permaneceram omissas.
No município paraense de Nova Ipixuna, foram assassinados o casal de ambientalistas José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo, além do agricultor Herenilton Pereira dos Santos.
Em Rondônia, foi morto o agricultor Adelino Ramos, conhecido como Dinho. A presidente Dilma Rousseff determinou que a Polícia Federal apure os casos.
Foi criado um grupo interministerial com técnicos desses ministérios para acompanhar o caso.

Nossa conclusão diante de tais fatos nossa pergunta é quem se habilita a defender a AMAZÔNIA.Pois defende-la vai além do bordão "DEIXAR UM MUNDO MELHOR PARA OS NOSSOS FILHOS" não que isso não seja importante mais significa por em risco nossas vidas no presente e no futuro.No PRESENTE pois temos que lutar contra os interesses  egoístas e gananciosos DOS PODEROSOS não só do nosso país, pois o mundo está de olho em nossa biodiversidade  e no futuro pois que forma de vida existira se continuarmos a desmatar sugar a natureza sem dar tempo para que a mesma de recupere???Logo são poucas as pessoas que lutam de fato por essa causa por isso surgem fatos como os citados á cima.Sozinhos somos apenas ECOLOUCOS  mais juntos podemos  frear a ganancia e forçar os que nós intitulamos AUTORIDADES a realmente  fazerem uso de tais títulos em prol do que realmente interessa aos que os empossaram.


Trocando em miúdos fazer não só o povinho do planalto mais também os que se dizem grande(EUA por exemplo)a trabalhar para proteger nossa "florestinha"

E é claro, você também contribuir para que essa preciosidade não seja destruída. Basta acessar o site – http://www.globoamazonia.com, monitorar as areas que estão sendo desmatadas e fazer a sua denuncia.


Não podemos ficar inertes diante de tanta barbaridade, sem deixarmos clara a nossa opinião de cidadãos que defendem um mundo melhor para todos, onde haja respeito ao meio ambiente e exploração racional dos recursos naturais.


                                                                                               Shelly Rodrigues